terça-feira, 29 de agosto de 2017

The ‘Mature’ Student’s Perspective on Data Center Evolution

"Neste ambiente dinâmico e digital, é fundamental considerar a conectividade de comunicação como parte da estratégia de negócios empresariais. A capacidade de expandir rapidamente e migrar para novas arquiteturas e aplicações é um fator crítico para se manter a resiliência organizacional e operacional. O impulso para o mundo móvel digital e social está gerando maior largura de banda, sensibilidade de atenuação e aplicações que devem se refletir na arquitetura da camada física. Uma conectividade de perda ultra-baixa (ULL) apoiada por uma calculadora de perda de link, para entender o desempenho da rede atual e futura, oferece vantagens significativas no planejamento da capacidade do canal e nas opções de expansões futuras da rede. Isso protege o investimento em conectividade e ajuda uma empresa a ganhar e manter uma vantagem competitiva através de uma implantação ágil e transparente."

Por isso a IKARON se preocupa tanto em apresentar, projetar e executar serviços com a mais alta qualidade e somente com produtos top de linha no mercado.

Saiba mais acessando o artigo abaixo (em Inglês) :

The ‘Mature’ Student’s Perspective on Data Center Evolution: As David Hughes puts it, he’s a “mature” student. While going to school for a Master’s in Data Center Leadership, he’s put his CommScope experience to work. In this blog post, he talks about the evolution of the data center and the strategy behind becoming a competitive force.

Telecomunicações e Internet das Coisas: uma revolução em curso

Fonte : http://www.telebrasil.org.br/newsletter/005_tiot.html
As telecomunicações estão no centro de toda a mudança imposta pela Internet das Coisas, e o Brasil tem todos os requisitos para se tornar um líder global nesta área, mas é hora de criar um ecossistema favorável ao desenvolvimento de negócios. Um dos passos em andamento é a elaboração do Plano Nacional de Internet das Coisas, que exige a abordagem do impacto dos objetos conectados na sociedade, do ambiente regulatório (tanto via Anatel quanto via instrumentos de desoneração fiscal); da infraestrutura e conectividade; inovação e ecossistemas; talentos (capacitação); investimento e financiamento; e internacionalização.


A primeira parte do levantamento realizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) definiu três áreas – Cidades Inteligentes, Saúde e Rural – como prioritárias para o direcionamento de iniciativas e políticas públicas para o desenvolvimento da Internet das Coisas no Brasil. Além delas, foram selecionados segmentos das indústrias de base (Petróleo & Gás e Mineração) e manufatureira (Têxtil e Automotivo) para compor o rol de prioridades como mobilizadores para a indústria em geral.
O secretário de Política de Informática do MCTIC, Maximiliano Martinhão, recém-indicado para a presidência da Telebras, fará uma atualização do cronograma do governo para o Plano Nacional de Internet das Coisas no painel Telecomunicações e IoT: uma revolução em curso, que se realizará das 14h00 às 15h30 do dia 20 de setembro e debaterá as melhores práticas com Eduardo Navarro, presidente da Telefônica Brasil e Stefano De Angelis, presidente da TIM. Para mais informações, clique aqui.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Carros conectados: Nuvem vai armazenar 10 bilhões de gigabytes de dados

Leia mais a respeito, clicando no link abaixo : Carros conectados: Nuvem vai armazenar 10 bilhões de gigabytes de dados

Schneider Electric: O Brasil ainda tem muito para crescer em data centers

A IKARON possui o Setor de Data centers, onde efetuamos desde as etapas de Construção civil, passando pela instalação da fibra óptica e toda a infraestrutura de TI e Telecom, até a configuração dos ativos de rede envolvidos.

 Entre em contato conosco e solicite o orçamento para a sua empresa.

 Saiba mais sobre esta notícia clicando neste link : Schneider Electric: O Brasil ainda tem muito para crescer em data centers

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Prysmian aposta no crescimento do mercado de cabeamento estruturado para transmissão de dados


Empresa apresenta em São Paulo linha completa de cabos da marca Draka para os segmentos de cabeamento estruturado

Novidades serão apresentadas durante a NetCom 2017, que acontece na capital paulista entre os das 15 e 17 de agosto.

Saiba mais sobre esta notícia clicando aqui : Prysmian aposta no crescimento do mercado de cabeamento estruturado para transmissão de dados: